expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Ex Ministro dos Portos, Pedro Brito, Será o Novo Diretor da ANTQ.

Por 16 votos a favor e um contra, a indicação seguirá para deliberação do Plenário.

Em audiência pública na comissão de Infraestrutura do Senado, em Brasília, o ex ministro dos portos, Pedro Brito, foi indicado pelo governo federal, para o cargo de diretor da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ). A Federação Nacional dos Portuários e sindicatos filiados de vários estados do país compareceram ao Senado na manhã de hoje para audiência pública.



Com um discurso feito com propriedade no assunto, Pedro Brito destacou pontos estratégicos do setor portuário, como infraestrutura,disse ainda que os portos como Alemanha, Holanda e Bélgica são líderes e se destacam na logística. Para Pedro Brito, dos dez maiores portos do mundo, 6 são chineses e isso não se via há anos atrás e que o Brasil precisa se preparar para as transformações mudanças do comércio global.
Um dos maiores problemas constatados no início de seu mandato como ministro, foi a ausência de planejamento, mas com a criação da SEP pelo governo Lula, esses questões já foram sanadas,entretanto, argumentou que a principais diferenças entre os portos do Brasil com outros portos do mundo são as questões de planejamento, gestão profissional escalas a descentralização administrativa e societária.
O Programa Nacional de Dragagem, segundo Pedro Brito, resolveu o problema de gargalo e calado no país, mas ainda existem burocracias, além da falta de capacidade financeira de alguns portos. Uma das soluções para as complicações enfrentadas hoje,de acordo com ex ministro, é a criação do banco de dados único para tornar mais eficiente o trabalho que é hoje desenvolvido no porto, este tipo de método já é usado em portos de outros países.
Fizeram parte da mesa durante audiência: A senadora, Lúcia Vânia, senador, Flecha Ribeiro e E O ex ministro dos portos, Pedro Brito.
Texto e fotos- Janara Rodrigues- Comunicação FNP




video

0 comentários:

Postar um comentário